quinta-feira, 25 de março de 2010

Pegadas na Areia

Uma noite tive um sonho.
Estava a passear na praia com o meu Senhor
Pelo céu escuro passavam cenas a minha vida.
Por cada cena, percebi que eram deixados dois pares
de pegadas na areia,
um que me pertencia
e outro ao meu Senhor.
Quando a última cena da minha vida passou perante mim
olhei para trás para as pegadas na areia.
Havia apenas um par de pegadas.
Apercebi-me de que eram os momentos mais difíceis
e tristes da minha vida.
Isso sempre me incomodou
e interroguei o Senhor
sobre o meu dilema.
"Senhor, quando decidi seguir-Te, disseste-me
que caminharias ao meu lado
e falarias comigo durante todo o caminho.
Mas apercebo-me de que,
durante os momentos mais atormentados da minha vida,
há apenas um par de pegadas.
Não percebo por que razão, quando mais precisei de Ti,
Tu me deixaste".
Ele segredou: "Meu precioso filho
Eu amo-te e nunca te deixarei,
nas horas de provação e de sofrimento. Nunca.
Quando viste na areia apenas um par de pegadas foi porque Eu te carreguei ao colo".

Margaret Fishback Powers
(A versão é a que aparece no Livro com o mesmo título, Pegadas na Areia, estrelapolar. 4.ª Edição: 2009).

4 comentários:

Zé Gusmão disse...

OLÁ,

A PAZ!!

ESTE POEMA É MUITO BONITO!
TEM UMA MENSAGEM QUE ME TOCA MUITO!
FOI O ÚLTIMO POSTAL QUE OS MEUS PAIS ME TROUXERAM DE FÁTIMA E ME OFERECERAM. UM ANO ANTES DE MORREREM.

OBRIGADA POR ESTA PARTILHA!

Pe. Manuel Gonçalves disse...

Se o poema já é significativo, quanto mais ligado a um acontecimento pessoal importante. É também um convite à fé, à certeza de que Deus, mesmo nas nossas escuridões, continua a pegar-nos ao colo, a embalar-nos no Seu regaço.

Zé Gusmão disse...

Sim Sr Padre! Deus pega em nós ao colo a cada momento da nossa vida. Ele nunca nos abandona, disso não tenho qualquer dúvida. Só com essa certeza é que a vida tem sentido, e que a vida vale a pena.

Um abraço em Cristo

teresa disse...

este poema tem uma história lindissima , e que me tocou sempre a alma ..
é reconfortante saber que em nenhum momento o nosso deus nos abandona .
e que nos momentos mais dificeis ele até nos carrega ao colo ..
abraço fraterno padre ..