sábado, 17 de dezembro de 2011

Os jovens e a verdade

       "Os jovens apelidam de hipocrisia qualquer tradição que não aceita seguir a sua lógica interna de fraternidade, de amor aos pobres e de união mística com Deus.
       Rejeitam qualquer valor antigo, excessivamente organizado e que não constitua um manancial de vida; não aceitam uma moral imposta de cima, uma moral esmagadora e asfixiante; querem viver e encontrar liberdade.
       Estão fartos de ver crentes a recitar preces, a assistir a ofícios religiosos, a pregar moral, mas incoerentes com eles próprios, não dando à sua vida denominada «religiosa» as provas de autenticidade exigidas pelo Deus de Amor.
       Os jovens são abertos, disponíveis, acolhedores e tolerantes.
       Querem encontrar pela frente homens de convicção, que não se deixem levar por aquilo que os outros possam pensar ou dizer a seu respeito.
       Acima de tudo, querem o que é verdadeiro. Pretendem que as pessoas sejam elas próprias, sem medo. Não as julgam por um sistema de valores ou por categorias"

Jean Vanier, em "Novas Perspectivas do Amor". Postado a partir de Abrigo dos Sábios. Imagem: Desafios. EMRC 7.º Ano.

1 comentário:

Flor Martha disse...

Feliz Natal amigo. Acabo de divulgar você no meu Google Plus. Um ano novo cheio de luz. Abraços, Vida em Sociedade